quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

COMO?

Eu cansei
cansei de tudo e fugi
fugi de tudo e nada me deteu
tudo se desfez
o caminho se desfez
as pedras se desfizeram.
As pedras ...
impecílios cactus espinhos ...
tudo se desfez e nada sobrou
o que é que eu faço?
Fugi e não sei voltar.
Cansei
cansei da fuga
como me detenho?
Quero refazer-me
caminhar sobre as pedras
superar impecílios
furar-me nos cactus e nos espinhos.
Quero tudo
mas não sei como fazer
quem dera eu não tivesse cansado ...
as vezes é melhor
não se cansar de nada
e não fugir de tudo.

Por RUI RICARDO RAMOS.
NOTA: Texto poetizado em 05.05.93. Inédito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário