domingo, 26 de dezembro de 2010

VIDA.

Na vontade de querer de tudo uma fatia
A cada instante na luta da lida
Se revela em você a cada dia,
A esperança de vida.


Na verdade que não convém,
Nos momentos do choro da partida,
Na obrigação por alguém,
Até nisso, se caracteriza a vida.


Vida pois terás
Nos sonhos inconscientes,
Nas relações pendentes
E, mesmo no seio do ódio, amarás!

Por RUI RICARDO RAMOS.

NOTA: Texto poetizado em 1978. Inédito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário